Novidades

Quer aprender a reduzir os gastos em sua fazenda, mas não sabe por onde começar?

Quer-aprender-a-reduzir-os-gastos-em-sua-fazenda,-mas-não-sabe-por-onde-começar

Para se tornar mais competitivo, qualquer empresário sabe que é preciso produzir mais, gastando menos – e aumentando a sua margem de lucro. No meio rural, isso não é diferente. Porém, apesar disso, nem todos os produtores rurais têm controle sobre suas contas, o que pode impactar diretamente no lucro e nas contas no fim do mês.

Se você tem notado que os gastos em sua fazenda só aumentam e está difícil entender como reduzi-los, não se desespere. Continue a leitura e veja o guia prático que montamos, ajudando você a identificar os pontos que merecem uma atenção maior na sua administração e também com dicas práticas para o dia a dia.

Conheça e entenda os seus custos

Antes de tomar qualquer medida, é muito importante que você conheça quais são todos os gastos em sua fazenda, isso inclui os custos de produção, como rações para os animais, mão de obra, energia elétrica, máquinas, insumos, entre outros.

Parece simples, mas a maior parte dos produtores rurais não sabe responder rapidamente qual custo é mais impactante na sua produção – e essa falta de informação pode ser crucial na hora de se fazer um bom planejamento financeiro.

Se você ainda não faz nenhum tipo de gestão na sua fazenda, é hora de começar a reverter esse quadro. Um software especializado no setor, por exemplo, pode lhe ajudar a se organizar melhor, com planilhas e lançamentos específicos sobre todos os gastos da sua fazenda, ajudando você a ter uma ideia dos setores que mais impactam no seu orçamento.

Ter acesso a esses dados de forma organizada permite que você faça economias que realmente lhe trarão benefícios. Não adianta, por exemplo, economizar na irrigação da sua plantação, se o seu principal custo é o valor elevado com as rações dos seus animais. Conhecer a sua realidade e o que mais consome o seu dinheiro ajuda você a planejar adequadamente as suas ações. Quanto mais controle você tiver, mais eficiente será a sua gestão.

Lembre-se sempre que a sua fazenda é como uma indústria e ter dados específicos e atualizados sobre cada um dos ‘setores’ do seu negócio ajuda a torná-lo mais rentável e eficiente.

Reduza os custos com as máquinas

Um dos principais custos envolvidos na maior parte das fazendas é a manutenção das máquinas – equipamentos essenciais no dia a dia da sua produção. Máquinas paradas significam prejuízo e produção menor do que o deveria, assim como manutenções excessivas são gastos adicionais que podem comprometer todo o orçamento do seu mês.

Para evitar essas situações, uma solução encontrada por muitos produtores rurais é investir na qualificação da mão de obra responsável por operar esses equipamentos. Quanto mais informações eles possuem sobre a tecnologia em questão, mais fácil será o uso e menores as chances de falhas causadas por erros na utilização do maquinário.

Além disso, também vale à pena pensar em uma modernização de alguns dos seus equipamentos, afinal quanto mais antiga forem as suas máquinas, maiores as chances de paradas, quebras, falhas e manutenções frequentes, aumentando os seus gastos e reduzindo os seus lucros e a sua produtividade.

Consuma menos energia elétrica

Outro gasto que pode impactar negativamente no seu orçamento é a energia elétrica, que pode ser usada em muitas áreas na sua fazenda – sendo que nem sempre é fácil controlá-la. Mas, que tal aproveitar de soluções sustentáveis e tornar a sua conta bem mais enxuta?

Muitas vezes, investir em soluções mistas, como a energia solar ou eólica para abastecer determinadas áreas da sua fazenda, pode ser um ótimo investimento, ajudando a reduzir significativamente o seu consumo de energia no fim do mês, e ainda tornando a sua fazenda muito mais sustentável e “amiga do meio ambiente”.

Hoje, já existem tecnologias de energia sustentável bastante acessíveis e ainda é possível contar com linhas de crédito e financiamento com taxas reduzidas para a implantação desses sistemas, sendo possível até mesmo vender o excedente de energia para a concessionária, ampliando a sua margem de lucro e reduzindo os seus custos fixos.

Conheça as novas tecnologias do setor

Engana-se quem pensa que a produção rural é a mesma desde sempre. A cada ano, novas pesquisas e estudos aparecem, com soluções bastante interessantes e tecnologias diferenciadas, que ajudam a baratear a produção e ainda a torná-la mais eficiente.

Nem sempre é preciso de grandes investimentos em “tecnologias de ponta” para começar a notar os resultados, ideias criativas e um bom entendimento do seu setor de atuação já podem funcionar, como criando uma cooperativa com os produtores da sua região, reduzindo os custos na aquisição de vários insumos, como programando uma compra coletiva de ração, por exemplo.

Outra solução interessante é o uso de fertilizantes com bactérias que fixam o nitrogênio no solo, chamadas de inoculantes, e que têm sido utilizadas por produtores rurais de cana-de-açúcar, soja, arroz, milho e trigo, ajudando a reduzir drasticamente os custos de produção.

Para se ter uma ideia, de acordo com os dados do Ministério da Agricultura, é possível reduzir os custos no cultivo de soja de R$ 700 por hectare para apenas R$ 15, usando essa solução, que além de econômica, ainda é menos agressiva para o meio ambiente.

Entenda a sua cadeia produtiva

Reduzir os gastos na fazenda envolve olhar com atenção para toda a sua cadeia produtiva e pensar e soluções diferenciadas e criativas. Existem muitos itens que podem ser reaproveitados dentro da sua produção agrícola, ajudando a reduzir vários custos.

A adubação, por exemplo, é um item bastante conhecido no qual é possível reaproveitar outros itens da sua produção, mas apesar disso nem todos os produtores rurais têm essa mentalidade. Analise todas as suas etapas de produção, o que você planta e todos os pontos da sua fazenda e pense em modos criativos de reutilizar itens, como por exemplo, a água da chuva.

Não se esqueça, ainda, de envolver todos os seus funcionários nesse processo, treinando a sua mão de obra para evitar o desperdício e para contribuir com ideias e sugestões que possam tornar a sua produção mais econômica e eficiente.

Quanto mais controle dos seus custos você tiver, mais fácil será entender a sua realidade e promover ações que realmente impactem positivamente nos seus custos, evitando reduzir investimentos em determinadas áreas que possam comprometer a qualidade da sua produção, por exemplo.

Com essas dicas, ficou mais fácil reduzir os gastos em sua fazenda? Se você gostou desse conteúdo, aproveite e baixe o nosso e-book com dicas para transformar a sua fazenda em uma empresa rural, ampliando os seus lucros!