Novidades

Milheto: Tudo o que você precisa saber

milheto

O milheto é uma cultura bem conhecida no Brasil em razão do seu alto volume de produção e de venda.

A terra no Brasil, principalmente na região Sul e Sudeste, é propícia para esse tipo de grão, o que torna a produção ainda mais rica e de qualidade.

No mundo, a produção de milheto já alcançou 2 bilhões de toneladas. Um recorde que deixa bem clara a importância desse cereal para toda a população.

O milheto é utilizado para alimentação animal e humana, possuindo diversas finalidades que justificam os números tão altos do seu consumo.

Esse cereal pode ser utilizado também como adubação verde, pastejo, cobertura de plantio direto e como fonte de alimento por conter alto valor proteico. 

Duas das principais características do milheto são a baixa necessidade de fertilização e a resistência à seca. 

Isso faz com que ele seja propício, por exemplo, para a região Nordeste do país.

Além disso, o milheto possui boa produção de matéria seca e alto potencial como planta descompactadora de solo.

Descubra tudo sobre a cultura do milheto abaixo!

O que é milheto?

Para começar, vamos definir para você o que é milheto e qual a sua principal função.

O milheto é uma das plantas mais utilizadas como cobertura morta para o plantio direto e para o pastejo em diversas regiões do país, principalmente no cerrado.

O nome científico dele é Pennisetum Glaucum e, devido à proteção que ele oferece à diversas culturas, como a soja, por exemplo, reduzindo a produção de nematoides, é utilizado como integrador de lavoura e de pecuária.

Outra curiosidade bem interessante sobre o milheto, é que ele tem um papel muito importante na reciclagem de potássio (K), ganhando destaque pela disponibilidade desse nutriente no solo.

São diversas as funções dessa planta. Ela supre muitas necessidades do agricultor e pode gerar lucros para a propriedade rural.

Vamos detalhar brevemente cada uma das principais finalidades do milheto.

Milheto como planta de cobertura

Uma das principais funcionalidade do milheto é agir como planta de cobertura.

A rebrota do milheto no campo ou no pasto permite que uma boa quantidade de massa seja produzida para ser dessecada.

O fato dessa planta se adaptar muito bem a diversos tipos de solo, possibilita que ela seja utilizada como cobertura em regiões diferentes do país.

Além disso, o milheto possui boa resistência em solos com deficit hídrico e baixa fertilidade.

Dentre as suas principais características estão: baixa exigência de água, o cultivo do milheto demanda o uso de pouco insumo, possui baixo custo de produção, alta capacidade de ciclagem dos nutrientes, crescimento muito rápido, bem resistente à região tropical.

A sua fácil adaptação aos solos ácidos e inférteis fez com que o milheto se tornasse o mais buscado entre os produtores rurais.

Milheto como pastagem 

O milheto também pode, e deve, ser utilizado como pastagem para os animais.

Se você possui criação de gado, essa é uma excelente escolha para a recuperação da pastagem ou até mesmo para alimentar os animais.

Uma recomendação importante quando se trata de pasto, é aguardar de 30 a 40 dias, no mínimo, dependendo da condição climática local, após o plantio do milheto para usá-lo como pastagem.

Os animais devem iniciar o pastejo quando o milheto atingir uma altura mínima de 50cm. Quando a altura for reduzida para 20cm, é necessário retirar os animais do local.

Geralmente, o período de pastejo dura de 30 a 150 dias, mas tudo depende do local e da região em que os animais se encontram.

A umidade do solo é muito importante quando você opta por utilizar o milheto como pastagem para que a planta cresça rapidamente e com a qualidade necessária.

A aplicação de alguns insumos é indicada para que o crescimento seja feito da forma correta, no tempo adequado.

Milheto e sorgo: qual a diferença?

Outra dúvida que deve estar passando na sua mente é sobre qual a diferença entre o milheto e o sorgo.

Ambos podem ser utilizados como pastagem para os animais e, na verdade, eles são muito utilizados pelos agricultores brasileiros.

O sorgo é um tipo de cobertura que possui algumas características específicas, por exemplo, ele tem mais resistência a locais com escassez hídrica, exige um investimento fixo baixo e tem um crescimento rápido.

O sorgo é considerado também muito resistente a diversos tipos de doenças, o que gera uma economia maior no uso de defensivos agrícolas.

Porém, o sorgo possui uma quantidade menor de nutrientes em comparação ao milheto. 

Não é uma diferença muito significativa, mas é de 5 a 15% menor do que o milheto.

O milheto possui um crescimento muito rápido e pode ser utilizado também como pastagem ou cobertura morta.

A maturidade para pastagem é atingida a partir dos 50 dias, ou seja, um ciclo bem rápido.

Ele possui uma riqueza maior de nutrientes quando comparado ao sorgo, porém, ambos podem ser utilizados sem nenhum problema na pastagem.

Onde comprar milheto?

A última dica que vamos dar é sobre onde comprar milheto para a sua propriedade rural.

O milheto pode ser encontrado em casas agropecuárias, cooperativas, sites e muito mais.

São diversas as opções para comprar milheto de qualidade e de rápido crescimento para aplicar como pastagem ou como cobertura morta na sua propriedade.

A saca do milheto custa, em média, R$ 20,00, mas depende diretamente da cotação do dólar.

As sementes do milheto são de qualidade e crescem muito rápido se cultivadas da forma certa. 

Se você fizer tudo certinho, gera uma maior agilidade no processo de produção e de criação dos animais.

Resumo

Com certeza ficou mais fácil compreender qual a funcionalidade do milheto e as suas principais características, não é mesmo?

Tudo o que você precisa fazer agora é decidir qual a finalidade que o milheto terá na sua propriedade: como pastagem ou como cobertura morta.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado você a compreender um pouco mais sobre essa cultura tão importante que tem ganhado destaque no país!

Dúvidas? Deixe suas perguntas nos comentários.

Leia também:

Tudo que você precisa saber sobre Mecanização Agrícola

5 dicas para tornar sua pequena propriedade mais lucrativa

Como melhorar a eficiência da administração agrícola [3 dicas imperdíveis]

Como fazer gestão de Maquinário Agrícola com uso de software