Novidades

Porque o glifosato se tornou o herbicida mais vendido?

No ano de 1950 Henry Martin descobriu a molécula do glifosato, mas somente 20 anos depois, foram desenvolvidos herbicidas á base desse agrotóxico.

E foi no ano de 1974 que a empresa Monsanto passou a produzir herbicidas numa escala mais industrial. Somente no ano de 1995 chegaram ao Brasil as sementes que resistiam bem ao glifosato.

As sementes mais resistentes eram o milho, algodão e a soja transgênica. No ano de 2005, a soja transgênica tratou de causar um grande salto nas vendas desse herbicida.

E foi assim que o glifosato se tornou o herbicida mais usado nas lavouras, e hoje esse agrotóxico pertence á Bayer.

Isso porque a empresa Bayer se tornou proprietária da Monsanto, e por consequência dona desse herbicida.

O que é glifosato?

Entendido como surgiu o glifosato no Brasil? Caso ainda esteja confuso sobre o que ele é, vamos explicar melhor.

O glifosato é um agrotóxico que foi criado para matar ervas daninhas. Ele também apareceu na indústria de farmácias e até foi usado para a limpeza de metais.

O glifosato passou a ser mais usado ainda, quando a Monsanto criou a cultura Randoup Ready. Essa cultura foi introduzida para lançar o glifosato no mercado.

O nome Randoup Ready nada mais é do que o nome criado par aculturar o comércio do glifosato. Ela permitiu que os agricultores matassem ervas daninhas, sem que prejudicassem seus produtos.

Para que serve o glifosato?

O glifosato serve para matar ervas daninhas que agridem o cultivo de vários alimentos. Ele também serve como um agente dessecante.

Quando usado assim, esse agente dessecante permite que os agricultores agilizem a colheita de seus cultivos. E quando falo isso, estou me referindo aos alimentos do nosso dia a dia.

Ele está presente como herbicida no cultivo de grãos, verduras, frutas, etc. Ele possui a ação de não deixar que as plantas daninhas absorvam nutrientes que tem em nosso alimento.

Qual a porcentagem de pessoas que utilizam dele?

Com base em estudos, 8 em cada 10 pessoas escolhem usar herbicidas á base de glisofato. Há estimativas que comprovam que o uso do glifosato está crescendo a cada dia.

Há anos atrás, ele era usado somente pelos agricultores. Hoje em dia as pessoas consomem ele até mesmo para a limpeza de jardins, parques entre outros.

Porque o consumo do glifosato cresceu tanto?

O glifosato cresceu rapidamente no mercado, porque as lavouras buscavam ampliar seus ganhos. E claro que com uma colheita mais rápida, os ganhos eram ainda maiores.

Isso sem contar que eles ainda usavam como herbicida para proteger o cultivo. E usando ele assim, haviam menos prejuízos de perda de alimentos. Fazendo com que os agricultores lucrassem mais ainda.

Como utilizar herbicidas com base em glifosato?

Para utilizar o glifosato, você não pode se esquecer de que ele é um agrotóxico forte. Por isso, quando aplicado em uma dose muito alta em um só lugar, o prejuízo pode ser irreversível.

E esse herbicida rende muito, exatamente por ele ser um agrotóxico forte. Um litro dele não diluído rende 100 litros quando já estiver diluído.

Onde encontro herbicidas com base em glifosato?

Existem muitas agropecuárias que disponibilizam herbicidas diferentes com base em glifosato. Mas nos dias de hoje, você encontra facilmente esses herbicidas pela internet.

Abaixo você poderá conferir alguns herbicidas diferentes:

Glifosato 1 litro citromax 

glifosato    

Fonte:

www.plantei.com.br

 

Glifosato Biocarb

glifosato

Fonte:

www.biocarb.com.br

 

Glifosato MadeMato
glifosato

Fonte:

www.Abaraújo.com

O glifosato é prejudicial á saúde dos seres humanos?

Já tem alguns anos que se descobriu através de pesquisas que o glifosato,  aumenta a gravidade de doenças.

Conheça as principais:

1. Obesidade

Essa doença é causada quando consumimos excessivamente alimentos calóricos. Isso em conjunto com a falta de atividade física.

Essa doença também pode ser genética. Sendo assim, ela não tem a ver com a quantidade de alimentos que consumimos.

Mas vale ressaltar que obesos também devem evitar o consumo de alimentos calóricos. Pessoas que possuem essa doença também costumam ser sedentárias.

2. Diabetes

Doença causada pelo excesso de açúcar ou sal no nosso sangue. Ela surge quando consumimos açúcar ou sal excessivamente.

Claro que essa doença também pode ser genética. Se ela for genética, o açúcar ou sal não são os causadores dela. Mas vale lembrar que pessoas diabéticas também devem evitar esse consumo.

3. Autismo

Condição especial em que uma pessoa já nasce assim. Essa condição é causada pela quebra de algumas células. Trata-se de uma doença genética.

4. Defeitos do tubo neural

Essa doença ocorre devido à má formação no cérebro. Essa má formação já ocorre no sistema embrionário. Ou seja, quando a criança ainda está sendo gerada.

Essa doença possui aspectos variados sendo as mais comuns a anencefalia e a espinha bífida. Esse tipo de má formação costuma ser frequente.

E ela não se enquadra em nenhum fator genético.

5. Doenças pulmonares

Doença causada por vários fatores que são agressivos ao nosso pulmão. Existem muitas doenças pulmonares.

Mas as mais conhecidas são a rinite, asma, bronquite, DPOC entre outros. Essa doença pode ou não ser genética.

6. Câncer

Câncer é o nome que foi dado a mais de cem doenças diferentes. Essas doenças se dão pela desordem no crescimento das células. Essas células por sua vez,  invadem os tecidos dos nossos órgãos.

As células se dividem muito rápido pelo nosso corpo e costumam ser muito agressivas. E é assim que surgem os tumores cancerígenos, que tendem a se espalhar pelo corpo.

Essa doença pode ou não ser genética. O glifosato em conjunto com o DNA dessas pessoas, agrava ainda mais essas doenças.

Conclusão

Como você pode ver, o glifosato ainda vem sendo muito usado. E ele também possui uma grande variedade de benefícios.

Mas vale ressaltar que as informações sobre o perigo dele (como herbicida) á saúde são totalmente verídicas. Deixo aqui esse adendo para que você se atente e avalie sua utilização.

E você, apostaria no consumo desse agrotóxico mesmo depois de conhecer essas informações?